segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Total de detidos na Grécia!!

273 detenções e 67 em prisão preventiva, desde 6 de Dezembro até 14 de Janeiro
.
É IMPOSSÍVEL CALCULAR TODAS AS PESSOAS QUE FORAM DETIDAS E LEVADAS ATÉ ESQUADRAS, PENSAMOS TEREM SIDO MILHÕES.
OS NÚMEROS ABAIXO REFEREM-SE ÀS QUE ESTÃO À ESPERA DE JULGAMENTO.
ATENAS
111 detidos, 50 imigrantes que foram detidos nos três primeiros dias da revolta e condenados a 18 meses de prisão em julgamentos sem tradução e estão a aguardar deportação.
A 7 de Dezembro houve 7 detenções por crimes menores, dos quais 1 menor irá a julgamento a 29 de janeiro e os 6 restantes adultos terão julgamento a 26 de junho.
.
A 9 de dezembro foram detidos 2.
.
A 11 de dezembro, 5 pessoas: 3 gregos e 2 imigrantes.
.
A 15 de dezembro foram 4.
.
A 18 de dezembro 7 foram detidos por crimes graves, um dos quais ficou em preventiva.
.
A 4 de janeiro 1 foi detido e maltratada publicamente.
.
Na noite de 5 de dezembro, após os tiros em Eksarchia, a polícia deteve 8, acusados de posse de armas e outros delitos, após fazer numerosas rusgas em casas nas quais apenas encontraram máscaras e utensílios de cozinha.
.
A 9 de janeiro, depois do fim da manif, a polícia bloqueou uma rua e deteve 22 pessoas que ali passavam, outras 2 pessoas que protestavam frente à esquadra em apoio aos detidos desse dia e ainda 1 outro detido, frente aos escritórios do PASOK (partido socialista grego). 2 destas 25 detenções foram imediatamente julgadas, 1 ficou em preventiva e o resto saiu e está à espera de julgamento.

BOLOS – 6 detidos, dos quais 5 são menores que serão julgados a 26 de fevereiro e o maior foi condenado a 2 anos e 10 meses de prisão com possibilidade de redução de pena por boa conduta.

ZAKINTHOS – 6 detenções. 5 menores que têm de se apresentar regularmente na esquadra. Todos terão julgamento a 19 de março.

IRAKLIO – 22 detidos. Deles, 11 pais e mães foram processados por negligência infantil, 7 menores, 4 deles devem apresentar-se na esquadra e 4 adultos à espera de julgamento; a 2 deles impôs-se uma fiança de 1500 euros.

SALÓNICA – 22 detenções, 3 deles de menores, serão julgados a 13 de fevereiro, os restantes são imigrantes processados e condenados de imediato. A 13 de janeiro prenderam Ilias Nikolau.

IOANNINA – 3 detidos por atacarem a esquadra da polícia.

KABALA – 2 detenções entre 8 e 10 de dezembro, nenhum está em preventiva.

KASTORIA – 1 menor, ao qual se impôs uma caução de 4500 euros por destruição.

KOZANI – 34 detenções, 2 dos quais estão em preventiva.

LARISSA – 25, dos quais 19 serão processados segundo a Lei Antiterrorista, os 6 outros por furto e delitos menores. Desses 25, 17 são estudantes.

PATRA – 9 detidos à espera de julgamento.

PTOLEMAIDA – 11 pessoas. 7 delas durante os 3 primeiros dias da revolta. a 5 de janeiro foram detidos, no início da concentração, todas as pessoas (17), e 4 detidos mais tarde, por reclamar a sua liberdade diante da esquadra, dos quais 2 são pais, condenados por destruição (de um carro da polícia em frente à esquadra) e deseobediência, 1 jornalista culpado de desacato á autoridade e 1 estudante por posse de haxixe.

RETHIMNO – 2 detenções, 1 menor e o seu pai, a 15 de dezembro.

RODAS
– 18 detidos. 7 a 8 de dezembro que não ficaram em preventiva por terem pago uma fiança. A 9 de dezembro foram detidos 10, dos quais 2 são menores, 3 estudantes, 3 universitários e 2 adultos. A todos foi imposto uma fiança de 5000 euros e deverão apresentar-se na esquadra com regularidade. A 10 de janeiro detiveram um jovem de 17 anos por motim, foi posto em preventiva durante uma semana e agora aguarda julgamento cá fora. Foi aberto um processo contra os pais desse menor, acusando-os de negligencia e falta de cuidados sobre ele.

TRIKALA
– 7 pessoas, das quais 5 imigrantes e as restantes universitarias.

XANIA – 6 detenções.

Informação a actualizar, dado que houve novas detenções nos últimos 10 dias.