segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Jovem de 14 anos baleado na cabeça por agente da PSP na Amadora, Lisboa

Família e amigos à porta do hospital


... mais um jovem assassinado pela polícia, mais uma vítima dos mercenários do Estado!!!!!!!!

Na sequência de uma perseguição policial, um jovem de 14 anos foi alvejado na cabeça ontem à noite na Falagueira, Amadora.

Situações como esta acontecem em diversos bairros sociais e ditos "problemáticos", cada vez mais sitiados pelas forças policiais, situação que reforça a pobreza e a segregação com mais repressão.

Os mass media justificam e reforçam constantemente a impunidade policial, divulgando quase unicamente as versões policiais, cumprindo também eles o papel de polícias. Neste contexto, é absolutamente normal que a polícia se sinta livre para continuar a matar.

Tal como na Grécia - onde a morte de Alexis despoletou uma verdadeira insurreição social generalizada -, em França - onde os subúrbios se revoltaram contra a morte de dois rapazes que fugiam da polícia - e em tantos outros pontos do mundo onde há assassinos fardados, só uma resposta à altura pode acabar com o terrorismo estatal.

Nenhuma agressão policial sem resposta!!!


English:

Youngster of 14 years old shot in the head by the police in Amadora (Portugal)
... one more youngster killed by the police, one more victim of the mercenaries of the state!!!
Following a police persecution, a youngster with 14 years old was shot in the head yesterday night in Falagueira, Amadora.
Situations like that happen in several slums called "problematic", more and more besieged by the police force, situation that reinforces poverty and segregation with more repression.
The mass media justify and reinforce constantly the police impunity, spreading almost only the police versions, doing themselves the role of the police. In this context, it´s absolutely normal that the police feel free to continue to kill.
Like in Greece - where the death of Alexis outburst a truly and general social insurrection -, in France - where the suburbs revolted against the death of two youngsters that runned away from the police - and in several others spots in the world where there are murders in uniform, only an answer to the height can end the state terrorism.
No police agression without an answer!!!
5th January