quinta-feira, 26 de março de 2009

23 de Março: Trabalhadores sequestram administrador de fábrica em França


23 de Março: Trabalhadores sequestram administrador de fábrica para evitar despedimentos
O caso ocorreu em França numa fábrica do grupo norte-americano

Os trabalhadores de uma fábrica francesa do grupo norte-americano 3M retiveram quarta-feira o seu patrão durante 24 horas em protesto contra a intenção da empresa de suprimir postos de trabalho devido à crise.

O administrador Luc Rousselet viu-se proibido de abandonar na tarde de terça-feira o seu escritório da fábrica, instalada na localidade de Pithiviers, no centro da França, mas finalmente conseguiu sair às 23h30 portuguesas após longas negociações entre os delegados sindicais da fábrica e os representantes da 3M-France.

"Essa acção é a nossa única moeda de troca. Mas não é agressiva", declarou na quarta-feira Jean-François Caparros, delegado do sindicato Force Ouvriére na empresa, que fabrica produtos farmacêuticos para o grupo norte-americano.

A direcção da 3M anunciou em Dezembro a supressão de 110 dos 235 postos de trabalho da fábrica de Pithiviers e a transferência de 40 para outra sociedade, tendo os trabalhadores exigido uma renegociação das indemnizações de despedimento e um prémio de transferência.

Este foi o segundo sequestro de um administrador em França, depois de um episódio semelhante em meados de Março envolvendo um responsável da Sony-França, Serge Foucher, numa fábrica do sudoeste de França que deverá encerrar em meados de Abril.

retirado de uma agência de notícias institucional qualquer