sábado, 4 de abril de 2009

Relato breve da vigília de apoio aos presos do Estabelecimento prisional de Monsanto no dia 2 de Abril




Na passada quinta-feira, dia 2 de Abril, pelas 22h00, teve lugar uma vigília em frente do estabelecimento prisional de Monsanto.

Um grupo de pessoas mostrou a sua solidariedade para com os presos deste estabelecimento, mais conhecido como o Guantanamo português, devido à forma desumana como são tratados pelos mercenários do estado.

Esta vigília foi uma tentativa de transpor os muros deste verdadeiro campo de concentração legal, uma tentativa de fazer chegar algum alento a todos os detidos e, pode dizer-se, bem sucedida, uma vez que, o feedback do interior conseguiu fazer-se ouvir a mais de 100m de distância do portão do estabelecimento prisional

Distância esta imposta, mas de imediato transposta pelos presentes que se deslocaram para a frente do portão da prisão gritando e assobiando o mais que podiam para que os presos pudessem sentir o seu apoio.

No final da vigília, buzinas também se fizeram ouvir, como acto de protesto contra Monsanto e todo o sistema carcerário, por todo o mundo, por todo a parte onde a coação estatal acontece, impunemente.