domingo, 3 de janeiro de 2010

Bruxelas - Prisão de Forest corrida a rajada de metrelhadora

FOREST: Logo após o início do ano de 2010, os trabalhadores apenas tinham trocado os votos de feliz ano novo, e estavam longe de imaginar que o barulho de explosões poucos minutos depois fosse o de uma arma automática.
Todos pensaram que o som viesse do fogo de artifício que tinha sido lançado na área, antes de se aperceberem que a entrada principal da prisão tinha sido alvo dos tiros de uma kalachnikov. Ao todo, 40 cartuxos vazios foram encontrados depois pela polícia forense.


notícia retirada do "cette semaine"

Os tiros aconteceram às 0h40. Isso foi o que rvelaram as câmaras de video-vigilância, onde é possível ver um veículo a surgir na rua perante as janelas da enorme porta de entrada, que ficaram destroçadas. De acordo com as informções que temos, isso é tudo o que se consegue ver nos vídeos.
Escusado será dizer que os tiros de uma arma como aquela teriam sido fatais para um ser humano. Os disparos foram tão fortes que alcançaram o interior da prisão, despedaçando uma grade de ventilação.
(...)
A questão neste momento é saber porquê a prisão de Forest foi o alvo desses tiros no meio da noite de Saint-Sylvestre (passagem-de-ano). Qual era a intenção de quem fez os disparos? O pessoal da prisão pregunta-se se a si próprio: simples intimidação ou algo mais?
A porta alvejada é o acesso principal da prisão, por onde são feitas as transferências dos presos.

2.01.2009 http://www.dhnet.be/infos/faits-divers/article/294613/40-tirs-a-la-kalachnikov-contre-la-prison-de-forest.html