segunda-feira, 21 de julho de 2008

A Comunidade Necessária Convoca


No 211 da Avenida da Liberdade durante o mês de Outubro, como parte do evento "A Comunidade Necessária", haverá uma Sala Aberta para a qual estamos a receber projectos que se debrucem sobre a vivência comunitária na realidade lisboeta.


A comunidade necessária é a comunidade que vem.

As cidades de hoje exigem-nos uma vivência do comunitário muito diferente daquela que os nossos pais encontraram. As redes de relações não vêm já de laços familiares ou de vizinhança, mas de relações de afinidade e uma nova proximidade, baseada nos espaços por onde passamos, ao invés do lugar onde vivemos. São laços mais flexíveis, menos duradouros, que se transformam mais rapidamente, seguindo os percursos de vida de cada um de nós. Todos temos uma aldeia, as nossas redes pessoais alcançam aproximadamente o mesmo número de pessoas de uma pequena vila, simplesmente temos todos uma aldeia diferente.

Durante um mês o projecto "A Comunidade Necessária" terá lugar num espaço na Avenida da Liberdade.
Será um sítio para experimentar e pensar o comunitário, hoje, em Lisboa. Uma das salas deste espaço estará disponível para projectos que se queiram juntar à reflexão.
A convocatória está aberta para projectos de natureza artística ou social, que queiram investigar ou aprofundar experiências sobre a comunidade, num sentido lato. Os interessados deverão enviar uma breve descrição dos objectivos do projecto e uma memória descritiva da concretização do projecto, em formato digital para comunidadenecessaria@gmail.com, ou por correio para R. de Sta Catarina, 34 3º Esq, 1200-402 Lisboa até 15 de Setembro.

Todos serão contactados no final mês de Setembro.

A Sala Aberta será regida pelos seguintes princípios:



Sobre Nós: O projecto deverá ser uma reflexão sobre a vivência comunitária contemporânea, apesar de poder sê-lo da forma mais abrangente possível.
Tudo É Possível: Não é necessário que o projecto se integre numa categoria artística, todas as formas de reflexão serão aceites.
Não Haverá Selecção: Apenas aquela a que os limites de espaço e de tempo nos obrigarem.



Há Lugar Para Tod@s:

Cada projecto não deverá tomar mais do que uma semana (situações excepcionais serão analizadas).
Sem Lucro: Só serão aceites projectos sem fins lucrativos.


Faz Tu Mesmo: A logística do projecto ficará a cargo dos proponentes.

Obrigado pela atenção, aguardamos a tua participação.
Cumprimentos, a Comunidade