segunda-feira, 13 de setembro de 2010

APELO À SOLIDARIEDADE D@S TRABALHADORA/ES IMIGRANTES E PORTUGUESES

Próximo dia 15 de Setembro, quarta-feira, às 14.00 h., vão a julgamento no Tribunal do Bolhão, no Porto 4 activistas das associações portuenses ESSALAM (Maghreb), AACILUS (Afro-brasil.), Terra Viva!AES (Portug.) e MUSAS (Portug.) acusados de “Difamação ao SEF “(Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) por terem subscrito um manifesto culpabilizando moralmente os serviços do Porto daquela polícia , do suicídio do trabalhador precário paquistanês Ahmed Hussein, bastante deprimido depois de lhe ser negado no SEF do Porto a continuação da sua permanencia em Portugal , por os seus ganhos anuais não perfazerem os 5 400 euros anuais então exigidos – apesar de ele sempre ter feito os seus descontos legais para a Segurança Social nos 5 anos que aqui viveu e trabalhou.
No seguimento do seu suicídio, reuniram-se várias associações de apoio a imigrantes e trabalhadores imigrantes e portugueses , decidindo, além de uma conferencia de imprensa, realizar uma manifestação de protesto e luto reclamando contra a forma como os serviços do SEF do Porto vinham tratando os trabalhadores imigrantes.

Destas acções, no Verão de 2006, à qual aderiram vários outros movimentos cívicos , resultaria a demissão do antigo chefe daquela polícia no Porto e o processo movido aos activistas das quatro associações citadas, por alegada “difamação do SEF”.

VENDO NESTE PROCESSO UMA FORMA DE TENTAR INTIMIDAR TODOS QUANTOS LUTAM PELA DEFESA DOS DIREITOS LEGÍTIMOS DOS TRABALHADORES –IMIGRANTES OU NÃO -E CONTRA OS ABUSOS CONTRA ELES COMETIDOS, APELAMOS À PRESENÇA SOLIDÁRIA DE TODOS QUANTOS ENTENDAM QUE, PARA ALÉM DAS FRONTEIRAS DOS ESTADOS E DAS DIFERENÇAS CULTURAIS, PARA NÓS, TRABALHADORA/ES, A NOSSA PÁTRIA É O MUNDO INTEIRO - E NELE TEMOS O DIREITO NATURAL A PROCURAR  VIVER E TRABALHAR ONDE ISSO AINDA FÔR  POSSÍVEL!

           PELA SOLIDARIEDADE INTERNACIONAL DE TRABALHADORAS/ES E “EXCLUÍD@S” !  LEMBREMOS AHMED HUSSEIN!

AIT-SP (Associação Internacional d@s Trabalhadoras/es ) Secção Portuguesa  -Núcleo do Porto