terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Sioux, romperam com os pactos estabelecidos pelos seus antepassados com os Estados Unidos

Indios Lacotas, mais conhecidos por Sioux, romperam com os pactos estabelecidos pelos seus antepassados com os Estados Unidos, alegando que foram violados, anunciaram recentemente representantes da tribo, citados pela imprensa francesa. "Não somos mais cidadãos dos Estados Unidos e todos os que vivem nas regiões dos cinco estados que compreendem o nosso teritório são livres de juntarem-se a nós", disse o representante da tribo, Russell Means, citado pela agência noticiosa France Presse e pelo jornal Le Monde. Os acordos, assinados há mais de 150 anos, representam "palavras sem valor sobre papel sem valor" e foram "violados muitas vezes para roubarem a nossa cultura, a nossa terra e os nossos costumes", segundo a comunidade. O território dos índios Lacotas insere-se nas regiões do Nebrasca, Dacota do Norte e do Sul, Montana e Wyoming, onde vivem os últimos descendentes. Os Sioux, aos quais pertenciam os grandes chefes Sitting Bull e Cavalo Louco, foram a única tribo índia que conseguiu derrotar o Exército norte-americano: foi durante a batalha de "Pequeno Grande Chifre", em 1876, no Estado de Montana. A tribo era considerada a mais agressiva contra os brancos e tinha cerimónias que incluíam rituais de tortura como prova de bravura. Resistiu até 1890, quando grande parte dos seus elementos foram massacrados. --

Libertalia Acracia