quarta-feira, 30 de março de 2011

Anarquistas gregos tomam a embaixada do Chile em solidariedade ao “Caso Bombas”

[Em solidariedade aos acusados no “Caso Bombas”, um grupo de anarquistas tomaram, na manhã desta segunda-feira (28), a embaixada chilena na Grécia.]

Por uma hora aproximadamente esteve ocupada a Embaixada do Chile na Grécia, em Atenas, em solidariedade aos acusados no "Caso Bombas". Nenhuma pessoas foi detida.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Presumido motim no Linhó - actualização

23 de Março

20h26 - A cadeia do Linhó não está a dar comida aos reclusos. Os que não estão em greve de fome não podem comer.

Ontem, pelas 14:30, foi deitado fogo a um carro (estrutura de trabalho agrícola) cheio com a parte do material roubado aos reclusos que se entendeu destruir.

Na madrugada dos espancamentos os guardas exigiram aos reclusos estarem nus. Sem identificação – com excepção de 3 que fizeram questão de se mostrar, conhecidos que são da população reclusa – espancaram conforme entenderam e mostravam satisfação por não precisarem do GISP (referência às polémicas públicas dos últimos dias, a propósito do uso da taser).

15h28 - A guarda prisional mandou fechar todos os reclusos nas respectivas celas. Uma a uma faz-se a rusga. Ao encontrar objectos proibidos os guardas aplicam castigos corporais aos presos que supostamente são proprietários de tais objectos.
Para além do crime praticado há a sua função como mais um elemento de provocar reacções violentas por parte dos presos.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Presumido motim no Linhó

Fonte: ACED

23 de Março


10h16 - A tensão no Linhó continua em crescendo: as forças do Grupo de Intervenção dos Serviços Prisionais estão à porta da cadeia, e agora há guardas a ameaçar os presos com uma intervenção iminente.
Esta tensão tem vindo a ser preparada desde sábado, tendo começado nesse dia por impedir o acesso dos presos ao ginásio. Entretanto a escalada descrita anteriormente resultou nas greves de trabalho e fome em protesto contra as provocações. Mas, pelo aspecto, os serviços ainda não desistiram de organizar o motim, que tanto jeito daria para arrasar as provas existentes das provocações.

segunda-feira, 21 de março de 2011

-


Falsamente sofisticada e moderna, a sociedade dos poderosos, abusiva e egoísta, empurra cada vez mais a sociedade civil para longe dos centros de decisão, porque estes são exclusivos de banqueiros, grandes empresários e políticos, e das suas clientelas.

Eles montaram o sistema, criaram a crise, e é sempre à nossa custa que a querem resolver!

Como tudo aquilo em que tocam existe apenas para realçar o seu poder e lhes permitir mais lucros, sempre à nossa custa, eles transformaram tudo em mercadoria, com um preço que escapa à precariedade das nossas vidas.

Da nossa parte não podemos esperar nada dessa máquina de governar que não tem senão como objectivo acabar com a generosidade da vida. Não podemos permitir que se agravem cada vez mais as nossas condições gerais de existência, no interesse de alguns.

Auto-organizada e solidária, a sociedade pode exigir tudo: o direito pleno de uso e acesso aos transportes, à alimentação, à educação, à saúde, à habitação, à alegria de viver…

Que cada pessoa escolha os meios de usufruir a vida, agora confiscada pela finança e o poder. Seja qual for o modelo a seguir, será sempre necessário forçar o poder, através da auto-organização popular e libertária, a abrir a mão de ferro que guarda os privilégios, essa é a premissa-base da luta nos dias de hoje, sem a necessidade e preocupação de propor um modelo já construído de antemão.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Porto - cinema comunitário: pico do petróleo III

6ª, 18 Março 22h00 TerraViva! entrada livre

Quatro sessões de cinema sobre o tema "pico do petróleo"! Quatro documentários sobre este problema mundial e a transição para uma vida pós-carbono. Queremos discutir o assunto, relacionando-o com a situação em Portugal e aproveitar para falar de soluções e alternativas que podemos realizar agora, individualmente e em comunidade. A primeira e terceira sessões no Terra Viva!, a segunda e última na CasaViva. Sextas-feiras, às 22h00.

III. E depois do petróleo, quê? (doc.)

In transition 1.0, From oil dependence to local resilience, de Emma Goude e Chris Watson (50')

terça-feira, 15 de março de 2011

A precariedade é o estado normal das nossas vidas sob o domínio do Estado e do Capital

Todos sabemos que a precariedade laboral, o desemprego e os salários de miséria não são um problema só dos jovens licenciados, mas da grande maioria dos trabalhadores. Portanto, reivindicar trabalho estável e salários dignos apenas para quem é jovem e tem formação universitária não poderá passar de uma piada de mau-gosto.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Hip-Hop Fora da Lei - 12 de Março - 18h - Severa (Lisboa)


Este Sábado, dia 12, a partir das 18h

Hip-Hop Fora da Lei

Concertos, som, comes & bebes... e o que mais quiseres trazer!

Não faltes!

Na Severa
Largo da Severa, na bela Mouraria
(mesmo atrás do C.C. do Martim Moniz)